Quem tem filho ou irmão pequeno sabe que, em um momento ou outro de convívio social da família, ele terá acesso a um eletrônico para se distrair. Esse dispositivo muitas vezes é um smartphone ou um tablet. Lá estão os joguinhos, os aplicativos de desenho, colorir e etc. Lá também tem um perigo que pode facilmente ser acessado pelos pequenos – o conteúdo adulto. Bastam alguns poucos cliques e palavras para chegar uma enxurrada de fotos, vídeos e conteúdo impróprio. E como resolver isso?

Existem várias formas de restringir esse acesso. Pode ser feito através de configurações nativas no aparelho (protegidos por senha), como também a instalação de aplicativos. Existem inclusive navegadores específicos para esse tipo de controle.
Android:

  • Entre em Google Play Store;
  • Configurações;
  • Filtragem de conteúdo;
  • Escolha o nível de maturidade dos Apps que podem ser exibidos;
  • Defina uma senha.
iOS:
  • Entre em Ajustes;
  • Restrições;
  • Defina uma senha;
  • Clique em Sites;
  • Lista de sites.
Existem 3 escolhas a partir daí:
  • Todos os sites: Tudo ficará restrito;
  • Limitar conteúdo adulto: limita porém não funciona com todos os sites. Depende da classificação que esse site tem;
  • Somente sites específicos: nessa opção será possível inserir os sites que você permite que seu filho veja. Se esquecer de algum, depois é só repetir esse procedimento e adicionar.
Existem aplicativos específicos para esse tipo de proteção. Abaixo alguns deles:
Mesmo com essas configurações, não devemos deixar de supervisionar o que as crianças estão fazendo nos eletrônicos. No mundo sempre existem pessoas dispostas a fazer o mal.
Share This