A situação da Apple ficou insustentável e a empresa se arrependeu da afirmação que fez e agora tenta minimizar o impacto

Nas semanas passadas, ainda em dezembro, a Apple afirmou que deixa mais lento (sim!) os aparelhos antigos e que estão com problema na bateria. Isso tudo para corrigir um problema antigo que era referente ao desligamento inesperado dos dispositivos.

Essa afirmação repercutiu muito mal para Apple e logo os concorrentes (fabricantes que usam o sistema Android) aproveitaram a oportunidade para “aparecer” na crista da onda e se mostraram como bonzinhos na história e a Apple a vilã.

Realmente a empresa fez muito mal agindo dessa forma (deixando os aparelhos lentos de propósito). Não sabemos se a intenção dela era realmente essa, mas a ação força os usuários a comprar os novos modelos pois ninguém suporta ficar com um aparelho lento por muito tempo.

Os modelos lançados em 2017 não estão com preços justos aqui no Brasil. Agora a maçã faz uma afirmação dessas. Isso tudo só contribui para os usuários migrarem para outras marcas e fabricantes.

Depois disso tudo, a maçã começou a oferecer, com desconto, a troca das baterias danificadas em vários países do mundo mas deixou o Brasil fora da lista. Depois de uns dias, incluiu o nosso País e ainda passou a vender não só para aparelhos com bateria danificada.

Veja abaixo a nota que a Apple inseriu no seu site:

  • A Apple vai reduzir em R$ 300 o preço de substituição de bateria para o iPhone fora da garantia – de R$ 449 para R$ 149. A redução é válida no mundo todo até dezembro de 2018. Isso vale para todos os donos de iPhone 6 ou posterior que precisem substituir a bateria. Em breve, divulgaremos mais detalhes em apple.com/br.
  • No início de 2018, vamos lançar uma atualização do iOS com novos recursos que oferecem aos usuários mais informações sobre o estado da bateria do iPhone. Eles mesmos poderão ver se a condição está afetando o desempenho.
  • Como sempre, nossa equipe está buscando formas de melhorar ainda mais a experiência dos usuários, incluindo melhorar o modo como gerenciamos o desempenho e evitamos desligamentos inesperados com o envelhecimento das baterias.

(Fonte: Apple)

Nas próximas semanas a empresa deverá lançar uma atualização do iOS que deverá trazer a possibilidade do usuário saber o estado da bateria do dispositivo.

O que você achou desse caso? Deixe a sua opinião.

Share This