Spotify chega ao Apple Watch

Spotify chega ao Apple Watch

O aplicativo do Spotify finalmente chegou ao Apple Watch, embora essa versão provavelmente não seja tão completa como os usuários gostariam.

A nova versão do aplicativo Spotify permite controlar a reprodução de músicas do seu Apple Watch. Isso significa que você pode pausar, pular e escolher as músicas favoritas sem ter que pegar seu iPhone para fazer tudo isso.

O que você não consegue fazer, no entanto, é transmitir músicas do seu Apple Watch conectado à rede 4G. Você também não pode sincronizar músicas para reprodução off-line, o que significa que você precisa manter o seu iPhone por perto caso queira usar o Spotify. Você não poderá sair para uma corrida ou realizar uma outra atividade apenas com o relógio se quiser ouvir música via Spotify.

O aplicativo Wear do Spotify também não suporta a reprodução off-line. Apenas a versão do aplicativo para smartwatches Gear da Samsung faz isso.

Ao anunciar a versão Apple Watch , o Spotify prometeu que a reprodução offline chegará a versão Apple Watch do aplicativo, pois continuava a adicionar novos recursos. Não foi dito quando os usuários do Apple Watch podem aproveitar esse recurso.

Além de controlar a reprodução de músicas do aplicativo Spotify em seu telefone, o Spotify do Apple Watch também permite controlar a reprodução em dispositivos e alto-falantes compatíveis com Spotify Connect.

Os novos recursos do Apple Watch do Spotify estão embutidos na versão 8.4.79 do aplicativo Spotify atualmente disponível na iOS App Store da Apple .

Fonte: tomsguide

 

 

O novo Mac mini tem pegada de peso-pesado

O novo Mac mini tem pegada de peso-pesado

Desempenho cinco vezes mais rápido, processadores com seis núcleos, maior capacidade de memória, armazenamento totalmente flash e muito mais.

 

mac

O novo Mac mini tem desempenho cinco vezes mais rápido.

 

A Apple deu hoje um grande empurrão no desempenho do Mac mini. Agora com seis ou quatro processadores, memória mais rápida de até 64 GB e armazenamento flash ultrarrápido, o novo Mac mini tem desempenho cinco vezes mais rápido. Isso faz dele o Mac mini mais poderoso que já fizemos1. Ele é um desktop mais rápido e versátil e que pode fazer muito mais com suas portas Thunderbolt 3, o chip Apple T2 Security e Ethernet de 10 Gb opcional.

 

mac

O novíssimo Mac mini está mais poderoso do que nunca. Ele conta com processadores de quatro e seis núcleos, memória mais rápida de até 64 GB, armazenamento flash ultrarrápido, Thunderbolt 3, chip Apple T2 Security e Ethernet de 10 Gb opcional.

 

“O Mac mini é adorado pelos usuários por sua aplicação nas mais variadas situações – no dia a dia, em performances profissionais ao vivo, em conjunto para renderizar vídeo e compilar código de software, e em racks com milhares de unidades em torres de servidores de apps. Em qualquer lugar onde esse pequeno e poderoso Mac seja necessário”, afirma Philip Schiller, senior vice president of Worldwide Marketing da Apple. “Os usuários do Mac mini vão enlouquecer com o Mac mini novo. Ele tem desempenho mais de cinco vezes superior, processadores com até seis núcleos, chip Apple T2 Security, memória mais rápida de até 64 GB, armazenamento flash de alto desempenho e várias portas, incluindo quatro Thunderbolt 3, duas USB-A, vídeo HDMI, áudio e Ethernet de até 10 Gb/s. Todo esse poder está concentrado na mesma estrutura de antes, perfeita para os consumidores interessados em trocar pelo modelo mais recente ou criar instalações novas em que o Mac mini é a solução ideal.”

 

mac

Estudantes do Instituto de Artes da Califórnia usam o Mac mini para realizar performances ao vivo.

 

Cinco vezes mais rápido e mais poderoso do que nunca

 

O Mac mini tem desempenho cinco vezes mais rápido que a geração anterior graças aos processadores Intel Core de oitava geração de quatro e seis núcleos com velocidade de Turbo Boost de até 4,6 GHz e Intel UHD Graphics1. Ele agora voa nas tarefas tradicionais de desktop, como edição de fotos e vídeos, criação de música e desenvolvimento de software, além de arrasar em fluxos de trabalho profissionais, incluindo transcodificação de vídeo, compilação de código e apresentações musicais ao vivo. Agora, o Mac mini é capaz de carregar vídeos maiores, executar mais máquinas virtuais ou manipular bases de dados ainda maiores na memória de até 64 GB com 2666 MHz. Todos os modelos agora contam com a velocidade e a segurança do armazenamento flash. Com capacidade de até 2 TB, o SSD do Mac mini está até quatro vezes mais rápido – trabalhar com arquivos grandes e abrir apps está mais rápido do que nunca1.

 

 

mac

O Mac mini novo voa nas tarefas tradicionais de desktop e encara fluxos de trabalho profissionais com facilidade graças ao armazenamento flash e ao desempenho e memória mais rápidos.

 

 

 

O chip Apple T2 Security chega ao Mac mini

O chip Apple T2 Security leva a segurança de ponta para seu Mac mini. Ele conta com um controlador de SSD com codificação de dados em tempo real para armazenar tudo de forma automática e completamente criptografada. O Secure Enclave do T2 garante que o software carregado durante o processo de inicialização não foi manipulado. Ele também conta com transcodificação de vídeo HEVC até 30 vezes mais rápida para que os usuários profissionais trabalhem com mais rapidez e maior resolução de vídeo em todo o fluxo de trabalho1.

 

mac

O Mac mini agora conta com o chip Apple T2 Security, com codificação de dados em tempo real, inicialização segura e transcodificação de vídeo HEVC até 30 vezes mais rápida.

 

Maior desempenho na conexão com Thunderbolt e Ethernet de 10 Gb

O novo Mac mini tem quatro portas Thunderbolt, duas vezes mais que a geração anterior, cada uma com o dobro de desempenho. Ele pode se conectar com dispositivos de armazenamento de alta velocidade, monitores Thunderbolt 4K e 5K, com saída de vídeo em três formatos. O Mac mini também vem com uma porta HDMI 2.0, duas portas USB-A, um conector de áudio e Gigabit Ethernet para se conectar com quase tudo. Ele também conta pela primeira vez com Ethernet de 10 Gb como opcional para alcançar um desempenho de rede ultrarrápido.

 

mac

O Mac mini agora vem com outras opções de conexão mais rápidas para conectar com quase tudo, inclusive quatro portas Thunderbolt 3, uma porta HMDI 2.0, duas portas USB-A, conector de áudio e Gigabit Ethernet, além de Ethernet de 10 Gb, como opção de configuração.

 

Estrutura de alumínio 100% reciclado e menos emissões de carbono

Pela primeira vez, a estrutura do Mac mini novo usa uma liga desenvolvida pela Apple feita de alumínio 100% reciclado. Agora em cinza-espacial, ela apresenta a mesma resistência, durabilidade e bonito acabamento de todos os produtos Apple feitos de alumínio2. O Mac mini emprega mais plástico reciclado em peças como a base. Juntos, esses avanços ajudam a reduzir a emissão de carbono do Mac mini em aproximadamente 50%3.

 

mac

Os novos MacBook Air e Mac mini se juntam ao MacBook Pro, MacBook e iMac para compor a melhor e maior linha de Mac até hoje.

 

macOS Mojave

Todos os novos modelos de Mac vêm com o macOS Mojave, a versão mais recente do sistema operacional mais avançado do mundo para desktop, com recursos inspirados em como os melhores profissionais trabalham, mas que todos podem usar. No macOS Mojave, o Modo Escuro transforma o desktop com um visual envolvente, ajudando a manter o foco no conteúdo. O recurso Conjuntos organiza automaticamente a mesa de trabalho colocando arquivos em grupos relacionados. Apps conhecidos do iOS, como Bolsa, Gravador e Casa, estão disponíveis no Mac pela primeira vez. O FaceTime agora oferece chamadas em grupo, a Mac App Store está totalmente redesenhada e traz um grande conteúdo editorial e apps de grandes desenvolvedores, como Microsoft e Adobe.
Preços e disponibilidade
O novo Mac mini está disponível para pedidos em apple.com a partir de US$ 799 (nos EUA). Ele estará disponível na Apple Store e nos Revendedores Autorizados Apple nos Estados Unidos a partir de quarta-feira, 7 de novembro. Especificações adicionais, opções de configuração personalizada e acessórios estão disponíveis em apple.com/br/mac.

 

Fonte: Apple

 

Apple traz mais de 70 novos emojis para o iPhone com o iOS 12.1

Apple traz mais de 70 novos emojis para o iPhone com o iOS 12.1

Mais de 70 novos emojis chegarão em breve ao iPhone, iPad, Apple Watch e Mac, incluindo novos personagens com cabelo ruivo, grisalho e cacheado, um novo emoji careca, rostos com expressões mais emotivas e mais opções de animais, esportes e comidas. Os novos emojis estarão disponíveis na atualização de hoje, 30/10, para desenvolvedores e beta público do iOS 12.1 e nas próximas atualizações de software do iOS, macOS e watchOS.

ios

Emojis são usados na comunicação por pessoas no mundo todo. O iOS 12.1 traz ainda mais personagens para o teclado em uma representação mais ampla de usuários do mundo todo, incluindo um novo emoji de bolinho chinês, envelope vermelho de presente e olho grego.

ios
Fãs de esporte poderão comemorar a adição de novos emojis de softbol, frisbee e lacrosse, enquanto fãs de aventuras ao ar livre terão novas opções como mala de viagem, bússola e botas de trilha para acompanhar o emoji já existente de montanhismo.
ios
ios
Novos emojis de lhama, mosquito, guaxinim e cisne se juntam aos emojis de canguru, lagosta, papagaio e pavão, anunciados no Dia Mundial do Emoji, e bagel e sal são novas opções de emojis de comida, ao lado de cupcake, folhas verdes e manga.
ios
Centenas de emoji estão disponíveis atualmente no iOS, watchOS e macOS, incluindo rostos emotivos, personagens de gênero neutro, várias opções de roupas, alimentos, animais, criaturas míticas e mais. Os novos personagens de emoji foram criados com base em figuras aprovadas para inclusão no padrão Unicode 11.0. A Apple está trabalhando com a Unicode Consortium para adicionar mais emojis temáticos para pessoas com necessidades especiais no Unicode 12.0, com previsão para 2019.
iosios
Fonte: Apple
Apple apresenta o iPhone XR

Apple apresenta o iPhone XR

 

Ele vem com chip A12 Bionic, tela Liquid Retina de 6,1 polegadas, design em vidro e alumínio, Face ID e sistema de câmera inovador. O iPhone XR está disponível em seis lindas cores

 

A Apple anunciou hoje o iPhone XR, que integra tecnologias revolucionárias do iPhone Xs em um design todo em vidro e alumínio com tela Liquid Retina de 6,1 polegadas, o LCD mais avançado em um smartphone e seis lindas cores. O iPhone XR tem o poderoso chip A12 Bionic com a nova geração do Neural Engine, câmera TrueDepth, Face ID e um sistema de câmera inovador que cria retratos surpreendentes com apenas uma lente. O iPhone XR estará disponível nos EUA para pré-venda a partir de sexta-feira, 19 de outubro, e nas lojas dos EUA a partir de sexta-feira, 26 de outubro.

“O iPhone XR nos ajuda a levar as inovações mais recentes do iPhone para uma quantidade ainda maior de pessoas. Ele vem com tecnologias inovadoras, como a tela Liquid Retina sem bordas de 6,1 polegadas, a nova câmera TrueDepth com Face ID para autenticação mais rápida, o novo chip A12 Bionic de sete nanômetros com Neural Engine de 2ª geração, e uma câmera de 12 megapixels que permite clicar fotos de nível profissional em modo Retrato e com Iluminação de Retrato”, disse Philip Schiller, Senior Vice President of Worldwide Marketing da Apple. “O novo iPhone XR tem moldura em vidro e alumínio aerospacial com resistência a líquidos e poeira classificado como IP67, oferece bateria de longa duração e vem em seis lindas cores. O iPhone XR permite que muito mais pessoas experimentem as mais recentes tecnologias do iPhone X com novos e belíssimos designs por um preço mais acessível.

 

iPhone_Xr

 

Novo design revolucionário

 

O design todo tela do iPhone XR acompanha a curvatura do aparelho. O vidro frontal mais resistente já feito para um smartphone é envolvido por uma moldura de alumínio aeroespacial série 7000 anodizada na mesma cor, e a parte de trás em vidro permite a recarga sem fio.

O iPhone XR vem em seis novas cores: preto, branco, azul, amarelo, coral e (PRODUCT)RED. O processo de pintura de sete camadas proporciona belas nuances ao vidro preto na parte de trás, e as molduras da tela e da câmera em alumínio vêm na mesma cor do iPhone para criar um acabamento sofisticado. Este novo design é resistente à água, com classificação IP67, e também a acidentes do dia a dia, como respingos de café, chá e refrigerantes1.

 

 

Parte da receita proveniente da venda de cada iPhone XR (PRODUCT)RED será repassada diretamente ao Fundo Global de Combate ao HIV/AIDS para financiar programas de teste, aconselhamento, tratamento e prevenção que tenham como principal objetivo erradicar a transmissão do vírus das mães para seus bebês.

 

A tela LCD mais avançada em um smartphone

 

A linda tela Liquid Retina sem bordas de 6,1 polegadas2 tem a melhor precisão de cor de toda a indústria, ampla tonalidade de cores e True Tone para oferecer uma experiência visual mais natural. O vidro moldado com exatidão e a tecnologia avançada de mascaramento e antisserrilhamento de pixels permitem que a tela acompanhe as curvas do aparelho, enquanto o novo design retroiluminado proporciona o alcance da tela até as bordas.

 

iPhone_Xr

 

O iPhone XR utiliza gestos rápidos e já familiares no iPhone, como toque na tela para despertar, deslizar para cima para ver a tela de Início, deslizar para baixo para acessar as notificações e a Central de Controle, além do novo recurso tátil de apertar na tela de Início para ativar a câmera ou lanterna instantaneamente.

 

Chip A12 Bionic e a nova geração do Neural Engine

 

O A12 Bionic desenvolvido pela Apple é o chip mais inteligente e poderoso em um smartphone. Ele contém o primeiro chip de sete nanômetros já usado em um smartphone a proporcionar um desempenho líder de mercado com menos consumo de energia. O A12 Bionic tem arquitetura de seis núcleos — dois núcleos de desempenho até 15% mais rápidos, quatro núcleos de eficiência até 50% mais eficazes — uma GPU de quatro núcleos até 50% mais rápida, um poderoso processador de imagem desenvolvido pela Apple, codificador de vídeo e muito mais. Tudo isso possibilita novas experiências para jogos, fotos, edição de vídeos e apps com gráficos mais complexos, sem comprometer a duração de bateria. Mesmo com toda essa potência, a bateria do iPhone XR dura até uma hora e meia a mais do que o iPhone 8 Plus.

 

iPhone_Xr

 

A nova geração do Neural Engine foi desenvolvida para promover aprendizado de máquina avançado em tudo, de fotos a realidade aumentada. O novo design com oito núcleos permite que ele execute até cinco trilhões de operações por segundo, contra 600 bilhões no chip A11 Bionic. Isso viabiliza novas possibilidades, como detecção de superfícies planas mais rápida para o ARKit e uso de aprendizado de máquina em tempo real. Pela primeira vez, o Neural Engine foi aberto para a plataforma Core ML, permitindo que os desenvolvedores usem esse mecanismo de alta eficiência para incluir aprendizado de máquina eficaz em seus apps. A velocidade de processamento do Core ML no Neural Engine do chip A12 Bionic é até nove vezes maior do que no A11 Bionic, com apenas um décimo do uso de bateria.

 

Face ID, a tecnologia de autenticação facial mais segura em um smartphone

 

Otimizações de software e um Secure Enclave mais veloz deixam o Face ID mais rápido no iPhone XR. O sistema da câmera TrueDepth utiliza tecnologia com sensores de profundidade de alta precisão e vai muito além da capacidade e segurança dos digitalizadores de rostos em duas dimensões para desbloquear o iPhone, usar o Apple Pay, acessar apps e realizar muitas outras funções, tudo só com o olhar.

 

iPhone_Xr

 

Câmera avançada com apenas uma lente grande-angular

 

O iPhone XR possui uma câmera com lente grande-angular de 12 MP e abertura f/1.8 com novo sensor, permitindo um foco automático mais veloz. Pixels maiores e mais profundos garantem mais fidelidade às imagens e melhores resultados para fotos e vídeos em ambientes de pouca luz. Melhorias implementadas ao processador de imagem e o Neural Engine, além de algoritmos de software avançados, possibilitam fotos em modo Retrato com um belíssimo efeito bokeh. O HDR Inteligente proporciona mais nitidez e revela mais detalhes nas sombras das fotos.

 

iPhone_Xr

 

O novo Controle de Profundidade permite ajustar o desfoque no fundo antes3 e depois de tirar a foto para imagens incríveis com um lindo efeito bokeh. Suas selfies nunca foram tão bonitas, graças ao modo Retrato aperfeiçoado na câmera frontal TrueDepth e à Iluminação de Retrato para criar efeitos de estúdio impressionantes.

 

Tecnologias sem fio

 

O iPhone XR usa 4G LTE Advanced para velocidades rápidas de download4e apresenta o Dual SIM5, que une um nano-SIM e eSIM digital.

O novo iOS 12

O iPhone XR vem com o iOS 12, o sistema operacional móvel mais avançado do mundo.
O iOS 12 muda a maneira que os usuários de iOS veem o mundo com a realidade aumentada, facilita redescobrir e compartilhar fotos e deixa a comunicação mais expressiva e divertida com novos Animoji e Memoji. O Tempo de Uso ajuda a entender e controlar o tempo que o usuário passa em seus aparelhos com iOS, os Atalhos da Siri possibilitam a interação de qualquer app com a Siri e os novos recursos de privacidade protegem contra o rastreamento na internet.

 

iPhone_Xr

 

Preços e disponibilidade

  • O iPhone XR estará disponível em  modelos com capacidade de 64 GB, 128 GB e 256 GB nas cores preto, branco, azul, amarelo, coral (PRODUCT)RED a partir de US$ 749 (nos EUA) emapple.com na Apple Store e em Revendedores Autorizados Apple (os preços podem variar).
  • A pré-venda do iPhone XR nos EUA tem início na sexta-feira, 19 de outubro, com disponibilidade a partir de sexta-feira, 26 de outubro em mais de 50 países e territórios, incluindo África do Sul, Alemanha, Andorra, Arábia Saudita, Austrália, Áustria, Bahrein, Bélgica, Bulgária, Canadá, Catar, China, Croácia, Chipre, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Groenlândia, Guernsey, Holanda, Hong Kong, Hungria, Islândia, Índia, Irlanda, Ilha de Man, Itália, Japão, Jersey, Kuwait, Letônia, Lichtenstein, Luxemburgo, Malta, México, Mônaco, Nova Zelândia, Noruega, Omã, Polônia, Portugal, Porto Rico, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Singapura, Suécia, Suíça, Taiwan, Estados Unidos e Ilhas Virgens Americanas.
  • Com o programa Apple GiveBack, (não disponível no Brasil), os clientes podem trocar um aparelho qualificado por um cartão de presente da Apple Store6. Se o aparelho não se qualificar para receber crédito, a Apple faz sua reciclagem sem custo.
  • Cada cliente que compra o iPhone XR da Apple recebe a Configuração Personalizada gratuita na loja ou online para ajudar na configuração do e-mail, conhecimento de novos apps da App Store e muito mais.
  • Quem quiser aprender noções básicas ou conhecer melhor o novo iPhone XR ou o iOS 12 pode se inscrever nas sessões Today at Apple gratuitas em apple.com/today.

Fonte: Apple

 

Usuários de iPhone e Tim acordaram 1h mais cedo

Usuários de iPhone e Tim acordaram 1h mais cedo

Hoje, 15/10, usuários de iPhone e Tim foram surpreendido logo cedo.

Na madrugada de segunda-feira, os aparelhos mudaram o horário (anteciparam em 1h). Consequentemente os alarmes “tocaram” 1h antes.

Para corrigir o horário, você precisa ir em:

  1. Ajustes;
  2. Geral;
  3. Data e hora;
  4. Desative a função “Automaticamente“.

A Apple e a Tim ainda não se pronunciaram sobre o ocorrido.

Pareceu ser algo relacionado a mudança do horário de verão mas não temos certeza ainda. O estranho foi: mudar de domingo para segunda (a mudança para o horário de verão sempre é de sábado para domingo) e ter ocorrido num fim de semana que nem estava sendo cogitada a mudança para o horário de verão.

O seu aparelho mudou de horário? Você acordou mais cedo? Deixe o seu comentário.

 

 

Por que fechar os apps que usamos não ajuda a economizar bateria do celular

Por que fechar os apps que usamos não ajuda a economizar bateria do celular

 

BBC

 

apps

 

Encerrar simultaneamente os aplicativos abertos no celular pode ser, para alguns, até divertido. Como num passe de mágica, fazemos sumir tudo. Ao contrário do que muita gente pensa, porém, isso não ajuda a economizar bateria nem deixa o aparelho mais rápido.

Na maioria dos iPhones, basta clicar duas vezes no botão home, até que as janelas dos aplicativos apareçam empilhadas, e depois deslizar com o dedo para cima para fechar cada app. No Android, você clica no botão “multitarefas”, geralmente o terceiro dos botões virtuais no pé da tela, em forma de quadradinho – e também pode deslizar em cada um para os lados para fechar.

Mas, segundo engenheiros da Apple e da Android, fechar os aplicativos abertos em segundo plano pode até ajudar a consumir mais energia.

O vice-presidente de engenharia da Android – um dos membros fundadores da equipe do Android no Google -, Hiroshi Lockheimer, disse no Twitter há algum tempo que isso “pode até piorar as coisas”.

 

[Dica]: Como melhorar a vida útil da bateria dos smartphones e tablets

Apple dá dicas de como aumentar a duração e a vida útil da bateria dos seus dispositivos

 

Isso porque tentar enganar o algoritmo que gerencia o aparelho, desenhado para otimizar o uso de energia, pode desacelerar o sistema. É, segundo ele, melhor deixá-lo agir por conta própria.

O diretor-executivo da Apple, Tim Cook, afirmou que aplicativos que estão em segundo plano não comprometem de nenhuma maneira a bateria do iPhone. Por isso, não faz sentido encerrá-los repentinamente.

Mas qual é a lógica dessa afirmação?

 

apps

 

Diferentemente do muita gente pensa, esses aplicativos não consomem a bateria.

Manter suspenso o sistema operacional, seja iOS ou Android, permite que você os mantenha exatamente como os deixou quando os estava usando. Se o aplicativo é encerrado à força, vai obrigar o sistema a reiniciar o processo caso o app seja aberto outra vez, consumindo o dobro de energia sem necessidade.

Para especialistas o que justifica encerrar um aplicativo de repente é em caso de falha inesperada no sistema ou vírus.

 

Posso ou não deixar o smartphone carregando durante a noite inteira?

Como carregar seu celular sem rede elétrica em 3 passos simples

 

Se não for o caso, é melhor deixar o software do celular atuar por conta própria. Os algoritmos dos celulares são criados para gerir de forma eficiente a memória do aparelho.

 


 

Os 5 estados de um aplicativo

O funcionamento dos aparelhos tem a ver com as funções multitarefa. No caso do iOS, há cinco possíveis estados para um aplicativo, escreveu o jornalista especialista em tecnologia David Pierce na revista Wired. O Android funciona de maneira muito parecida.

1) Sem funcionamento (o app não está aberto)

2) Ativo (está aberto na tela e em uso)

3) Inativo (fase de transição: está aberto na tela, enquanto se faz outra coisa)

4) Background (pode ficar ativo, realizando operações em segundo plano por até 10 minutos)

5) Suspenso (fica em segundo plano sem fazer absolutamente nada)


 

apps

 

“Alguns aplicativos, como os que reproduzem música, os que exigem uso de microfone ou que acionam a localização do usuário são identificados pelo sistema e não são suspensos quando vão para o modo background”, explica em seu blog a empresa de software Solid Gear.

Isso acontece graças aos algoritmos, explica o jornalista David Pierce. Segundo ele, o sistema sabe quais aplicativos que precisam ser fechados, geralmente são aqueles que não foram usados por um tempo ou estão usando mais bateria ou memória do que deveriam.

Esses algoritmos “sabem muito bem quando você vai precisar de mais dados ou quando é necessário reiniciar um aplicativo”.

 

apps

 

“É melhor deixar o sistema funcionar para você em vez de forçá-lo a reiniciar e abrir os aplicativos o tempo todo. Além da questão da bateria, ela pode tornar o telefone mais lento”, acrescenta o jornalista.

Como economizar bateria?

Especialistas orientam que reduzir o brilho da tela ou desativar os sinais de wi-fi e o bluetooth são maneiras mais eficientes de poupar bateria e otimizar o uso do aparelho.

Outra estratégia é desativar o uso de dados ou usar o modo de pouca energia. Desativar a geolocalização de aplicativos também ajuda – este último também ajuda a manter a privacidade.