Vivo lança Vivo Transfer, app gratuito para usuário transferir fotos, vídeos, contatos e apps entre celulares

Vivo lança Vivo Transfer, app gratuito para usuário transferir fotos, vídeos, contatos e apps entre celulares

App, desenvolvido em parceria com a FS, descomplica a vida digital na troca de celular e está disponível para dispositivos Android e iOS

Quando uma pessoa precisa trocar de celular, logo vem à mente um obstáculo: como transferir fotos, arquivos, aplicativos, contatos e todos os dados do telefone antigo para o novo? Para resolver essa questão, a Vivo anuncia o lançamento do Vivo Transfer, um aplicativo gratuito que descomplica a vida digital no momento da troca de celular.

Vivo

O Vivo Transfer está disponível para qualquer cliente móvel da Vivo, gratuitamente e já pode ser baixado nas lojas de aplicativos Android e iOS. O serviço foi desenvolvido em conjunto com a FS, provedora líder de serviços de valor agregado para operadoras de telecomunicações e varejistas no Brasil e América Latina.

A utilização do Vivo Transfer é simples. O usuário deve baixar o aplicativo nos dois celulares – novo e antigo, conectar os dois dispositivos na mesma rede Wi-Fi e, em seguida, selecionar qual aparelho é o novo e qual é o antigo. Depois, é só usar o leitor de QRCode para conectar os dois telefones e, a partir daí, escolher os conteúdos que deseja transferir. É possível transferir dados de um aparelho para outro, mesmo se um for Android e o outro iOS.

O usuário pode transferir fotos, vídeos, músicas, contatos, calendário, documentos, SMS/MMS, log de chamadas e listas de app instalados. Basta verificar em cada device as possibilidades de transferência oferecidos por cada um. No final do processo, o cliente também pode escolher se deseja apagar o conteúdo do antigo celular.

 O Vivo Transfer também está disponível no Vivo Protege, aplicativo que reúne serviços que garantem maior tranquilidade ao navegar na internet, com soluções de segurança digital e armazenamento em nuvem, para deixar o cliente da Vivo com uma solução completa de segurança.

Para começar a usar o aplicativo, basta fazer o download para Android ou iOS nas lojas de aplicativos e informar o número da linha Vivo móvel. Saiba mais sobre o Vivo Transfer na Vivo App Store.

Como economizar na conta de telefone

Como economizar na conta de telefone

Antigamente, no Brasil, para se adquirir uma linha de telefone era algo extremamente difícil e demorado. O pedido acontecia hoje e a instalação somente depois de muitos anos. Não existiam linhas suficientes para todas os assinantes. O estado de São Paulo era atendido somente pela Telesp, o Rio de Janeiro pela Telerj, Minas Gerais pela Telemig, Telesc em Santa Catarina e assim por diante. As empresas eram estatais e o crescimento da rede era muito lento.

Aparelho utilizado nos orelhões

 

Ficha telefônica utilizada em orelhões

Durante o governo do presidente Collor (1990 a 1992) iniciou-se o processo de privatização no país. Muitas grandes empresas foram privatizadas. Posteriormente no governo Itamar esse processo continuou e foi no período do presidente Fernando Henrique que as Teles foram privatizadas, em 1998.

Com essa polêmica iniciativa (na época o assunto foi muito debatido), que o setor ganhou fôlego e o avanço tecnológico se iniciou. As linhas telefônicas foram disponibilizadas, tanto fixas quanto móveis (as primeiras operadoras de telefonia móvel nasceram na sequência) e a internet foi disponibilizada para o cidadão comum (na sua criação apenas as universidades e o meio militar utilizavam).

A internet teve um estouro no início dos anos 2000 (fenômeno da bolha). Isso propiciou a facilidade de não somente termos internet em casa e empresas como também nos celulares. Esse advento iniciou a proliferação dos smartphones e tablets.

Nesses dispositivos (smartphones e tablets) podemos instalar diversos aplicativos (apps) que nos ajudam muito no dia a dia, desde consulta a previsão do tempo até serviços bancários. Ficou possível consultar mapas, trânsito, itinerário de ônibus, saber quem canta uma determinada música, como também conversar com alguém e não somente ouvirmos a pessoa mas também agora é possível ver, algo que em um passado não tão distante era algo impossível.

Conversa entre George e seu chefe – vídeo e voz

 

Conversa com vídeo entre Jane e sua mãe – algo muito comum no desenho animado

Hoje muitos aplicativos possibilitam a realização de ligações telefônicas a “custo zero” (Skype, Whatsapp, Messenger, entre vários outros). O valor que normalmente pagamos ligando de um telefone convencional (custo da ligação telefônica) não temos quando utilizamos um app. Apenas precisamos de um acesso à internet (plano de dados no aparelho – 3G/4G ou WI-FI.

Muitos aplicativos possibilitam uma experiência muito boa, uma qualidade de conversação impressionante. Esse deve ser o futuro da comunicação a distância. A mobilidade como também a acessibilidade serão o futuro.

Internet fixa cresce 0,4% no Brasil em setembro ante agosto

Internet fixa cresce 0,4% no Brasil em setembro ante agosto

A base de Internet fixa do Brasil cresceu 0,4 por cento em setembro ante agosto, com o acréscimo de 113.243 novos clientes, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Nos últimos 12 meses, o avanço do segmento soma 5,92 por cento no país, com crescimento em todos os Estados e, em especial, no Rio Grande do Sul, onde o aumento foi de mais de 20 por cento no período.

Entre as principais operadoras, a líder do mercado Claro, da mexicana America Movil, liderou o crescimento em setembro ante agosto, com a adesão de 51.909 clientes, ou mais 0,6 por cento. A Vivo, por sua vez, perdeu 1.085 usuários, queda de 0,01 por cento, enquanto a TIM atraiu 6.839 usuários, com crescimento de 1,76 por cento.

A Oi, que está em recuperação judicial, também viu sua base encolher, com a perda de 12.188 clientes em setembro ante agosto, ou 0,19 por cento do total, segundo dados da Anatel.

Em comparação com o ano passado, a Claro apresentou aumento de 366.971 clientes (+4,37 por cento) na sua base de assinantes. A operadora Vivo registrou 122.366 novos clientes (+1,63 por cento) e a TIM mais 78.109 usuários (+24,63 por cento). Já a Oi perdeu 26.487 clientes, ou 0,41 por cento da sua base de clientes.

Fonte: Reuters

Claro antecipa modernização de rede 4G e mira liderança em telefonia móvel

Claro antecipa modernização de rede 4G e mira liderança em telefonia móvel

A operadora de telefonia móvel Claro deve concluir até o fim do ano um projeto de modernização e expansão de sua infraestrutura de rede, com agregação de 2 mil locais de antenas, que elevarão o parque 4G da companhia para 9 mil no país, disse nesta segunda-feira o presidente-executivo, Paulo César Teixeira.

A iniciativa faz parte de uma estratégia de antecipação da atualização dos equipamentos da companhia, no momento em que rivais como a Oi, que está em recuperação judicial, enfrentam outras dificuldades, apesar de sinais de retomada econômica no país.

A Claro, que hoje disputa com a TIM o posto de segunda maior operadora de telefonia móvel do país em número de usuários, pretende implantar até o fim do ano rede de telefonia móvel 4,5G em 11 cidades do país, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro. A tecnologia promete velocidades de transmissão de dados 10 vezes maiores que os níveis atuais do 4G.

“O grupo já é líder em banda larga fixa e TV paga, queremos agora a liderança no aspecto móvel”, disse Teixeira, que assumiu o comando da operadora há seis meses. A Claro integra o grupo mexicano de telecomunicações América Móvil. A liderança do mercado brasileiro atualmente é da Telefônica Brasil, do grupo espanhol Telefónica.

Além dos 2 mil locais novos de antenas, a Claro está modernizando os equipamentos de outras 7 mil estações rádio-base que trabalham com 4G, o que segundo Teixeira permitirá economia de custos de operação e oferecer serviços adicionais.

“O cenário está mais competitivo, mas estamos mais agressivos… Vamos oferecer o 4,5G sem custo adicional nos planos dos usuários”, disse o executivo, acrescentando que não vai haver “destruição de valor” com a estratégia, que manterá políticas atuais de subsídios na venda de celulares em linhas pós-pagas.

Teixeira não citou valores de investimento, mas o diretor executivo de engenharia e redes da Claro, Andre Sarcinelli, comentou que o custo de equipamentos e software de uma estação radio-base é de 70 mil dólares em média.

A Claro tem cerca de 18.500 torres de telefonia no país. Após concluir a modernização das 7 mil torres e inclusão das 2 mil novas estações, a operadora quer fazer o mesmo até o fim de 2018 com o restante, disse Sarcinelli, antecipando um calendário que estava previsto para ser concluído apenas entre 2020 e 2021.

“Vamos perseguir o atributo de melhor rede”, disse Teixeira ao se referir ao mote que a Claro promoverá nos próximos meses com a modernização da rede. A Vivo, marca da Telefônica Brasil, por vários anos também promoveu suas estratégias de marketing ressaltando quesitos de qualidade de sua rede. “Vamos crescer ganhando mercado ou tirando mercado de concorrentes”, afirmou o presidente da Claro.

Em demonstração a jornalistas nesta segunda-feira, os executivos da Claro afirmaram que as velocidades de conexão alcançadas na rede 4,5G da Claro são de 330 megabits por segundo em média, ante 30 megabits da conexão 4G da operadora.

Segundo o presidente para América Latina da fabricante de chips para celulares Qualcomm, Rafael Steinhauser, a tecnologia de 4,5G consome menos energia e permite que as redes lidem com maior quantidade usuários.

“Ela também é uma precursora da tecnologia 5G a partir de 2019 no mundo, permitindo uma ampliação de serviços como computação em nuvem”, afirmou Steinhauser, presente ao anúncio da Claro. “O 4,5G é uma tecnologia recente, está se implantando em vários mercados do mundo neste ano apenas”, acrescentou.

Fonte: Reuters

Vivo lança plataforma de games e patrocínio de clube de eSports na BGS

Vivo lança plataforma de games e patrocínio de clube de eSports na BGS

Vivo Games4U é lançado com mais de 300 jogos para baixar e jogar online, reviews e análises de Youtubers consagrados como Zangado

Gamers terão benefícios exclusivos. No lançamento serão distribuídos “pins”  do jogo Heroes of the Storm

Empresa está investindo no patrocínio do clube de eSports, Vivo Keyd, por dois anos

Documentário Game Changers ganha uma nova temporada e traz a história e os desafios de grandes nomes brasileiros dos games

Portal Terra transmitirá a cobertura da Brasil Game Cup ao vivo

A Vivo anuncia durante a Brasil Game Show, maior feira de games da América Latina, sua estratégia para o mercado de jogos online. O objetivo é reforçar, ainda mais, o posicionamento da empresa como a operadora referência para o segmento.  Para comprovar isso, a Vivo apresenta três importantes novidades: um serviço digital de games que oferece experiência completa (Vivo Games4U); o patrocínio o clube de eSports, Vivo Keyd; e a nova temporada do documentário Game Changers.

“A cada ano o mercado de games se profissionaliza ainda mais e se consolida como um dos grandes impulsionadores da economia digital no Brasil. Nossa estratégia é estar cada dia mais próximo deste público, entender ainda mais as suas demandas e contribuir para que este mercado se fortaleça “, diz o Vice-Presidente de B2C da Vivo, Marcio Fabbris.

Vivo Games4U 

O Vivo Games4U reúne o melhor do mundo dos games, com cobertura das últimas novidades e de eSports, reviews e análises de YouTubers renomados e um portfólio de mais de 300 jogos para baixar no celular ou jogar online. Os usuários terão acesso a fichas técnicas com informações detalhadas dos principais jogos atuais, como categoria, especificação técnica, dicas para melhorar o desempenho e como jogar. O conteúdo premium, para assinantes, conta com vídeos do YouTuber Zangado, produzidos exclusivamente para o serviço – neles, Zangado dará dicas dos games antes mesmo de chegarem ao mercado, além de mostrar tutoriais, reviews e unboxes. Primeiro canal esportivo a lançar uma área dedicada aos eSports, a ESPN fornece os mais atualizados vídeos e cobertura de notícias com o apresentador Felipe Felix (feofelix), especialista no tema e âncora dos programas Multiplayer e Matchmaking. Além disso, o Vivo Games4U também contará com vídeos e cobertura da equipe Vivo Keyd.

Os assinantes também terão um portfólio e mais 300 jogos completos com free in app purchase e sem publicidade para baixar no celular ou para jogar online, do celular, tablet ou computador.

Para o lançamento, os assinantes ainda terão como benefício códigos promocionais com itens do jogo Heroes of the Storm, da Blizzard. Ao assinar o Vivo Games4U, os usuários poderão usufruir de novos benefícios, como descontos em jogos, jogos gratuitos, lançamentos prévios e muitos mais.

A assinatura premium mensal do serviço custa R$ 12,90 e, para contratar, basta enviar a palavra G4U30 para o número 6444. Também há a opção de assinatura premium semanal por R$ 4,99. Para contratar, o cliente deve enviar G4U para 6444. Para experimentar o Vivo Games4U antes de optar pelas assinaturas, basta baixar o aplicativo para Android no Google Play ou acessar www.games4u.com.

O Terra é o desenvolvedor do Vivo Games4U e o lançamento marca também o avanço da sinergia entre Vivo e Terra, adquirido há três meses pela Telefônica Data, subsidiária integral da Telefônica Brasil, com o objetivo de acelerar a transformação digital da Vivo. A atuação conjunta de Vivo e Terra levará, entre outros resultados, à oferta de mais e novos serviços digitais, tal qual o serviço Vivo Games4U.

“Estamos trabalhando em diversas frentes de sinergias entre VIVO e Terra, principalmente nas áreas de publicidade e serviços móveis, o lançamento do GAMES4U reflete os primeiros ganhos desse movimento” reforça Carla Beltrão, Diretoria de Negócios do Terra.

Conteúdo exclusivo – Game Changers e Minidocumentário com Vivo Keyd

Após apresentar o universo dos gamers no Brasil – quem está por trás dessa indústria que gera empregos, oportunidades e diversão – a segunda temporada da websérie documental “Game Changers” conta a história e os desafios de grandes gamers brasileiros que estão transformando o mercado. No primeiro episódio, Naná Fraga, uma das principais pró-players femininas do Brasil, jogadora de Counter Strike aborda o cenário competitivo profissional de Counter-Strike (e dos eSports) e a dificuldade de ingressar neste mercado sendo mulher.

São cinco episódios com os gamers: Wendell Lira, brasileiro que recebeu o Prêmio Puskas de futebol e hoje é conhecido pelos apaixonados de futebol virtual como WLPSKS; Eric “Atchiin” Wu, game changer campeão latino americano de Clash Royale (mobile); Brolynho, melhor jogador de Street Fighter do Brasil, representando o país nas cabeças de torneios internacionais; Roxy Rose, speedrunner especializada em jogos de terror e blogueira do Resident Evil Data Base.

Ainda este ano, a Vivo também estreia um minidocumentário sobre a preparação do time Vivo Kedys para uma competição com a cobertura do dia a dia dos treinamentos para pré-temporada do mundial de eSports, com todos os profissionais envolvidos para preparação da equipe como nutricionista, médicos e psicólogos.

“Nossos conteúdos mostram a realidade do gamer brasileiro, o dia a dia dos profissionais e desse universo. Contribuímos, assim, para desmitificar a imagem de que games são apenas para a diversão”, explica a Diretora de Imagem e Comunicação da Vivo, Marina Daineze.

Patrocínio Vivo Keyd

A Vivo anuncia hoje o patrocínio do clube de eSports, Vivo Keyd, um acordo de dois anos com um time de craques que é conhecido, principalmente, pelas vitórias em LOL. O Vivo Keyd é também um dos mais tradicionais clubes de esportes eletrônicos do cenário brasileiro. Atualmente, o clube conta com quatro equipes: League of Legends masculino, Counter-Strike masculino e feminino e Clash Royle (mobile).

Criado em 2010, o clube investiu em diversas modalidades de eSports como CS:GO, Hearthstone, Dota, League of Legends e Clash Royale. Também foi precursor na contratação de jogadores internacionais em 2014, além de ser um dos principais a apostar no retorno do game mais popular na época das Lan Houses, o Counter-Strike.

Em sua história o Keyd contou com personalidades nacionais e internacionais como Felipe “Brtt” Gonçalves, Gabriel “Fallen” Toledo e o sul coreano Park “Winged” Tae Jin. Em 2017 o clube aposta na reformulação de sua administração, trazendo um perfil executivo para profissionalizar ainda mais seu segmento no Brasil.

“A parceria Vivo Keyd é de grande importância tanto para clube, quanto para o cenário de eSports no Brasil. Quando uma empresa do porte da Vivo, que investe e incentiva esportes tradicionais como Futebol e Tênis, investe em um time de eSports é o reconhecimento para uma geração de gamers.  Estamos muito felizes em levar o nome Vivo ao lado do nosso e estamos ansiosos para representar este nome em solo nacional e internacional. Nessa missão, contamos também com a parceria da Agência eBrainz, especializada em Marketing para eSports, nos apoiando na gestão deste patrocínio tão importante.”, comenta um dos fundadores do Clube, Eduardo Kim.

Transmissão ao Vivo da Brasil Game Cup no portal Terra

O Terra fará a transmissão ao vivo da Brasil Game Cup, campeonato promovido pela Brasil Game Show entre os dias 11 e 15 de outubro, através da homepage do portal (www.terra.com.br) e de sua página no Facebook (https://www.facebook.com/TerraBrasil/). Os usuários poderão assistir ao evento gratuitamente nas versões web, tablet e mobile.

Serão mais de 40 horas de exibição durante os cinco dias da maior feira de games da América Latina. Além da transmissão ao vivo, o Terra mostrará os bastidores do evento e entrevistas exclusivas com Youtubers e gamers no portal e nas redes sociais.

Vivo lança aplicativo que permite a famílias compartilhar localização geográfica em tempo real

Vivo lança aplicativo que permite a famílias compartilhar localização geográfica em tempo real

Vivo Família Online é um app que reúne ferramentas colaborativas para facilitar a rotina da família

Serviço baseia-se na criação de grupos nos quais famílias e amigos podem compartilhar localização, gerenciar compromissos, atividades e tarefas com outros integrantes do círculo

A Vivo anuncia o lançamento do Vivo Família Online, um aplicativo que reúne em um só lugar ferramentas colaborativas de localização, organização e linha do tempo.

O serviço baseia-se na criação de grupos de pessoas próximas, chamados de círculos, que são privativos, seguros e reúnem todo o conteúdo compartilhado em formato de linha do tempo. Outro diferencial é que os participantes dos círculos se mantêm conectados, compartilham e editam informações em tempo real, de forma simples, por meio de um único aplicativo.

“Com o Vivo Família Online, nossos clientes ganham uma valiosa ferramenta para organizar sua rotina digital. A Vivo acredita que a tecnologia é uma importante aliada para que nossos clientes aproveitem ao máximo o tempo com a família”, afirma Ricardo Sanfelice, vice-presidente de estratégia digital e inovação da Vivo.

Localização

Um dos recursos mais relevantes é o de localização, que mostra, em tempo real, onde cada integrante do círculo está. Os usuários também podem “favoritar” lugares, como casa, parque, escola, trabalho e, toda vez que chegarem ou partirem desses locais, os demais membros do círculo recebem alertas automáticos. Esta ferramenta é útil para que pais possam saber se seus filhos chegaram na escola dentro do horário previsto, por exemplo.

Ao clicar no ícone “Vem me buscar”, um usuário pode enviar mensagem para que outro vá buscá-lo. Já com ao clicar no botão SOS, um alerta é enviado para todos os participantes do círculo, com a localização de quem clicou no botão.

Para garantir a privacidade, cada membro do círculo pode definir quem acessará sua localização, escolhendo, inclusive, por quanto tempo a informação ficará disponível e quais lugares poderão ser visualizados.

Organização

Outras funcionalidades do Vivo Família Online são ligadas à organização e permitem que os integrantes do círculo compartilhem entre si diversas atividades do dia a dia, como calendário, listas e tarefas, além de contatos.

Ao usar o calendário, os participantes do círculo podem compartilhar compromissos, como uma consulta médica, por exemplo, definindo que outros integrantes podem visualizar o evento agendado. É possível ainda adicionar lembretes, localização, foto e inserir anotações.

Na opção listas, pode-se criar e compartilhar tarefas, definindo os participantes responsáveis por cada uma delas, data e horário para que sejam cumpridas. A atividade será acompanhada pelos integrantes, que podem inserir comentários e visualizar o andamento de cada tarefa, identificando-a como “completa” ou “em curso”. Além disso, os membros do círculo podem compartilhar contatos com informações como nome, apelido, foto, e-mail, telefone (casa, trabalho e celular), endereço e data de aniversário.

Por fim, outra funcionalidade é a linha do tempo do Vivo Família Online, que permite que as imagens compartilhadas pelo aplicativo fiquem disponíveis na galeria do serviço e dos smartphones dos participantes.

O Vivo Família Online está disponível para todo cliente móvel da Vivo com celulares com sistema operacional iOS 8.0 ou posterior, ou Android 4.1 ou superior. Além do app, o serviço também pode ser acessado via browser, em www.vivofamiliaonline.com.br. A assinatura semanal custa R$ 3,99 e para contratar basta enviar um SMS para 7247, com a palavra VF. Já o valor do pacote mensal é de R$ 16,99 e para contratar o cliente Vivo deve enviar VFM para 7247.

Cada assinatura permite criar até dez círculos e o titular pode adicionar até quatro participantes que terão acesso total às funcionalidades do serviço. A inclusão de mais convidados é possível – cada círculo pode ter até 100 participantes –, mas, a partir do quinto membro, os participantes têm acesso limitado às funcionalidades do serviço. Mais informações estão disponíveis em http://appstore.vivo.com.br/utilidades/vivo-familia-online

Vivo

O Vivo Família Online é oferecido em parceria com a empresa francesa Family & CO, pioneira em aplicações colaborativas familiares, que desenvolveu o serviço e customizou o app com exclusividade para a Vivo, a fim de atender as necessidades do mercado brasileiro. Outro parceiro é o Terra, integrador do serviço.