Apple confirma compra do aplicativo Shazam

Apple confirma compra do aplicativo Shazam

A Apple confirmou nesta segunda-feira que chegou a um acordo para adquirir o Shazam Entertainment, aplicativo britânico que permite aos usuários identificar músicas apontando o smartphone para uma fonte de áudio.

A fabricante do iPhone não revelou o valor da compra. O site de notícias especializado em tecnologia TechCrunch informou o acordo na sexta-feira com um preço de até 400 milhões de dólares, muito abaixo da mais recente avaliação do Shazam em 1 bilhão de dólares.

A Apple disse que o Shazam se “encaixa perfeitamente” em seu serviço de transmissão de música e ajudará os usuários a descobrir novas músicas. O Apple Music tem 27 milhões de usuários e compete com o Spotify, que possui 60 milhões de usuários. A empresa do Vale do Silício disse que a equipe do Shazam se unirá à empresa norte-americana.

Em declaração, o porta-voz da Apple, Tom Neumayr, disse que o Shazam “é usado por centenas de milhões de pessoas em todo o mundo, em várias plataformas. … Temos planos animadores, e estamos ansiosos para nos unir ao Shazam após a aprovação do acordo de hoje”.

A Apple não detalhes seus planos, mas a empresa não poderá fazer alterações importantes no Shazam até garantir a aprovação regulamentar.

O Shazam também está disponível em dispositivos com sistema operacional Android, mas a Apple não disse se manterá a versão Android disponível. O Shazam encerrou o suporte para uma versão do seu software que é executado nos computadores da Microsoft no início deste ano.

Fonte: Reuters

Tirar screenshots no Chrome OS agora é igual ao Android

Tirar screenshots no Chrome OS agora é igual ao Android

Ficou mais fácil fazer screenshots nos Chromebooks com Chrome OS: basta imitar o que você já faz atualmente no Android.

Assim como em telefones Android, basta pressionar o botão de reduzir o volume e o botão de ligar/desligar para tirar um print screen em seu Chromebook.

A novidade ainda está na versão DEV do Chrome OS, porém não deve demorar muito para chegar até a versão estável.

Desta forma, o Google procura alinhar o aprendizado de cada sistema operacional ao torná-los mais próximos e mais fáceis para o utilizador.

Fonte: Google Discovery

Facebook lança aplicativo de mensagens para crianças com menos de 13 anos

Facebook lança aplicativo de mensagens para crianças com menos de 13 anos

O Facebook lançou nesta segunda-feira (04/12) o Messenger Kids, aplicativo que permite que a maior rede social do mundo se expanda para um mercado até agora inexplorado de crianças menores de 13 anos, ao mesmo tempo em que dá aos pais controle completo sobre o que seus filhos vêem.

O Facebook normalmente exige que os usuários tenham pelo menos 13 anos de idade. O novo aplicativo possibilita que a rede social fidelize crianças mais novas no momento em que enfrenta competição de outras plataformas de redes sociais entre adolescentes, como o Snapchat.

Já existe um punhado de outros aplicativos que as crianças podem usar com o consentimento dos pais, e as crianças podem se comunicar entre si usando mensagens de texto em celulares.

O Facebook disse que uma pesquisa com 1.200 pais e especialistas em segurança e desenvolvimento infantil mostrou que crianças jovens já estavam usando a tecnologia regularmente – mas em aplicativos para adolescentes e adultos, fazendo pais temerem que seus filhos estivessem se comunicando com estranhos.

Ao mesmo tempo, os pais estavam dispostos a deixar que seus filhos de 6 a 12 anos usassem redes sociais, desde que existisse um controle parental rigoroso. O Facebook Messenger Kids exige que os pais criem uma conta e aprovem os contatos dos filhos.

“Há realmente uma lacuna no mercado por um aplicativo de mensagens para crianças que também dê controle aos pais”, disse a porta-voz do Facebook Lauren Svensson. “Vamos ver como as crianças usam esses espaços e isso nos permitirá adicionar atualizações em futuras versões conforme necessário”.

O aplicativo é controlado pela conta do Facebook de um adulto que permite que filhos usem bate-papo em vídeo e enviem fotos, vídeos ou mensagens de texto para amigos aprovados.

O lançamento é uma prévia, porque só está disponível nos Estados Unidos e apenas nos sistemas operacionais da Apple. O aplicativo ficou 18 meses em desenvolvimento, disse Svensson.

Fonte: Reuters

Tesla lança bateria externa para smartphones

Tesla lança bateria externa para smartphones

Tesla, conhecida montadora de veículos elétricos liderada pelo empresário Elon Musk, anunciou o lançamento de uma bateria externa (“Powerbank”).

Equipada com conectividade USB, microUSB e Apple lightning, os usuários podem usá-la para carregar o seus telefones Android ou iPhone em qualquer lugar.

A Powerbank usa uma única célula 18650 com capacidade de 3,350mAh que é a mesma usada nos veículos elétricos Model S e X.

A bateria pode ser adquirida por US$ 45. Isto é, se você conseguir encontrá-la com estoque disponível.

Tesla

Fonte: Google Discovery

Samsung oferece leitor biométrico para a linha Galaxy J

Samsung oferece leitor biométrico para a linha Galaxy J

Disponível nos modelos J7 Pro, J5 Pro, J5 Prime e o J7 Prime, o recurso permite mais segurança e praticidade aos usuários

Samsung j

A família Galaxy J é reconhecida no mercado por oferecer as características tecnológicas mais desejadas pelos consumidores brasileiros. Tanto que, desde 2016, é a linha de smartphones que mais vende no Brasil, de acordo com dados da consultoria GFK. O sucesso resulta do fato dos aparelhos aliarem alta performance, design diferenciado, câmeras de alta qualidade e telas com excelente resolução. Pensando nisso, a Samsung expande também o recurso de leitor de impressão digital para os modelos J7 Pro, J5 Pro, J5 Prime e J7 Prime, oferecendo maior segurança e praticidade aos consumidores.

Por que esse recurso é importante?

Samsung jAlém de proteger os dados pessoais, a função permite desbloquear o smartphone rapidamente, tocando apenas no botão Home. Os usuários podem, ainda, desabilitar outros comandos, como efetuar uma compra ou acessar o aplicativo do banco, por exemplo, tudo isso sem precisar memorizar senhas ou PIN de desbloqueio. Os dados biométricos de impressão digital são criptografados e armazenados no hardware protegido pela plataforma de segurança móvel da Samsung, Knox*, integrada aos dispositivos.

Os modelos J7 Pro e J5 Pro também contam com a Pasta Segura**, que traz uma camada adicional de segurança para os aplicativos, fotos, vídeos e arquivos. Essa função é ideal para quem usa o aparelho tanto para o trabalho como para a vida pessoal, pois permite criar espaços totalmente separados. Para utilizá-la é fundamental o seu desbloqueio, justamente para aumentar a proteção dos dados.

“A Samsung está sempre buscando oferecer soluções e funcionalidades que atendam às verdadeiras necessidades dos usuários, como é o caso dos recursos de segurança e proteção dos dados, um dos mais importantes nos dias de hoje”, afirma Renato Citrini, gerente sênior de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

* Knox é uma marca para um dispositivo Samsung testado quanto à segurança e é especificamente configurado para uso empresarial. Para obter informações sobre o dispositivo Knox da Samsung, consulte www.samsung.com/us/knox.

** A Pasta Segura pode ser utilizada em qualquer Smartphone Samsung que tenha habilitada a versão 7.0 Nougat do Android – Galaxy S8 e Galaxy S8+ (já possuem o aplicativo pré-instalado), Galaxy S7, Galaxy S7 edge, Galaxy A5 2017, Galaxy A7 2017, Galaxy J5 Pro, Galaxy J7 Pro e Galaxy J7 Neo (basta acessar a loja Galaxy Apps e baixar).

Clique nos links abaixo para saber mais informações sobre os produtos:

Galaxy J5 Prime

Galaxy J5 Pro

Galaxy J7 Pro

Galaxy J7 Prime